Pular para o conteúdo principal

Já Conhecem? Oh! Querida, a marca plus size que aposta na diversão ao vestir.

Para quem ainda não conhece essa marca plus size , segue o release com a trajetória da grife:









De acordo com recente pesquisa realizada pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, 52,5% dos brasileiros estão acima do peso – sendo, desses, 17,9% considerados obesos. O Brasil, inclusive, está em terceiro lugar no ranking de obesidade do Brics (países emergentes considerados subdesenvolvidos), ficando atrás apenas da África do Sul e Rússia.

Esta crescente nos índices tem chamado a atenção do mercado fashion e na última década, felizmente, muitas marcas bacanas surgiram voltadas ao público plus-size – o que já é realidade na Europa e nos Estados Unidos faz muito tempo. E dentre essas lojas que apresentam conceito que vai muito além de calças jeans e camisetas está a paulistana Oh! Querida, inaugurada há três anos.

Por trás da marca está a designer gráfico Sheila Ghiraldini, de 30 anos, que entende como ninguém seu target, uma vez que, assim como seus clientes, ela sabe muito bem todas as dores e delícias de se estar acima do peso. Desde criança teve contato com o mundo da confecção (seus pais têm lojas no Brás e Bom Retiro), mas não era esse o caminho que pretendia trilhar.

Seu sonho era ser ilustradora da equipe de Maurício de Sousa e sua grande distração na infância era pintar os Almanacões da Turma da Mônica com roupinhas estampadas às personagens da série. Com diploma em mãos, porém, não se identificou tanto assim com a carreira que escolhera seguir. Pulava de trabalho em trabalho e não se satisfazia em nenhum deles.

Eis que certo dia, ao acaso, um vídeo no qual a estilista Helen Rödel contava sobre seu processo de criação acendeu uma luzinha na cabeça da menina que crescera entre linhas, modelagens e tecidos: a moda! O documentário a incentivou a cursar Desenho de Moda, que lhe deu noções básicas de croquis e a tentar também Modelagem – a matemática pura, contudo, fez com que desistisse logo no começo.

Com excelente visão criativa e antenada nas tendências, Sheila recorreu à mãe, uma expert no que diz respeito aos moldes, caimentos e afins, para tocar a quatro mãos o projeto de investir em uma marca que atendesse ao público carente de peças descoladas e com identidade além do simples vestir.

Afinal de contas, ela mesma passou boa parte da juventude com o ‘uniforme’: calça jeans de corte reto + camiseta customizada + tênis. Não demorou a que a dupla montasse a primeira coleção – pela demora no processo de produção, optou-se inicialmente pela revenda de peças selecionadas que vestissem do 36 ao 56. Com a primeira coleção selecionada, abriram uma loja de bairro, que acabou não conquistando o fluxo de movimento esperado pelas duas.

Sheila não desistiu da ideia, apenas trocou o ponto fixo por um e-commerce e com o incentivo da mãe, focou-se na criação de estampas próprias para camisetas da Oh! Querida, que hoje produz ainda saias e vestidos pensados nas curvas do corpo plus size, atentando-se em demasiado à modelagem para que as peças possam vestir bem todas suas clientes.

Mesmo com o foco no público feminino plus size, a marca oferece tees, seu carro chefe, em 8 tamanhos de numeração, que vai do PP ao 5G e conta com opções para ambos os sexos. As almofadas também atendem uma clientela independente do peso. E os produtos podem ser adquiridos online ou em dois boxes na Endossa, na rua Augusta (um para roupas e outro para almofadas).

Curiosamente, ao trocar a loja física pelo e-commerce, Sheila pode se aproximar ainda mais de suas clientes, graças às participações em diversos bazares do segmento, o que considera gratificante por poder conhecer e ouvir de perto as histórias da clientela.

A principal proposta da Oh! Querida é proporcionar diversão ao vestir – independente do tamanho, idade ou gênero da pessoa – apostando em estampas alegres e coloridas, incentivando as pessoas a brincarem, misturarem e ousarem num vestir sem regras.

As inspirações vêm de toda parte: desde uma cor ou padronagem que lhe chamou a atenção até músicas, seriados e novelas que fizeram e fazem parte de sua vida (vide A Usurpadora, Maria do Bairro e Ru Paul).

O trabalho é árduo e os desafios diários, uma vez que são apenas duas mulheres gerenciando uma marca em crescimento. Sheila se volta ao criativo e atendimento, enquanto sua mãe cuida da mão de obra, logística, estoque e entrega nos produtos.

Todo esforço é válido, porém, quando o retorno – um feedback positivo e satisfação de seus consumidores – dá as caras. Que a trajetória siga sempre com sucesso! <3

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIY- Faça você mesmo: Diluidor de maquiagem caseiro.

Seu delineador em gel secou? sua sombra cremosa esta "dura"? Bateu aquele desespero? Quer dar um jeito sem gastar muito? Hoje no mercado encontramos uma diversidade de diluidores de maquiagem , mas a grande maioria tem o preço bem salgado. Mas não se preocupe é possível fazer um diluidor caseiro. Para isso vamos precisar de : glicerina líquida ( encontrada em farmácia) e água mineral e um frasco para colocar  a mistura ( eu prefiro aqueles vidros com spray para borrifar mas pode ser o que tiver em casa, além disso como não contém conservantes faça em pouca quantidade para não estragar. Como eu uso: borrifo no pincel e aplico nas sombras e pigmentos pois isso intensifica o tom do produto. Eu sempre dou uma borrifada no pincel . A proporção é três medidas de água para 1 medida de glicerina.                               

Barato X Caro : Hidratante labial Carmed X Carmex.

Oie, tudo bem? Como já mencionei sou viciada em hidratantes labiais . Hoje venho mostrar pra vocês duas opções muito parecidas porém diferentes no preço. Desde que conheci o Carmex virou amor, mas ele tem um preço salgadinho ( paguei R$40,00) É um produto que hidrata muito os lábios e tem um cheirinho de cereja e deixa os lábios hidratados por um bom tempo. Dias atrás estive na farmácia e conheci o Carmed que inclusive tem uma embalagem bem parecida, porém comprei em uma promoção e paguei R$5,99. Também possui cheirinho de cereja, também hidrata bem os lábios. Porém na minha opinião a hidratação do Carmed dura menos tempo nos lábios mas também acho que pelo valor , vale muito a pena investir no primo baratinho. As duas embalagens possuem 10g

Pés: Gota Milagrosa.

Oie, tudo bem Hidratamos o corpo o rosto e não podemos esquecer de cuidar dos pés também. Quem usa muita rasteirinha, chinelo, sapatos abertos acabam ficando com o calcanhar mais ressecado e até com pequenas rachaduras. Mas isso tem solução, hidratação. Usei muitos cremes bons mas estava curiosa para testar a Gota Milagrosa que muitas pessoas comentaram. É um produto baratinho( paguei R$9,90). Fácil de aplicar, bom rendimento e não deixa os pés oleosos mas hidratados. Não gostei do cheiro ( parece remédio) mas ele cumpre o que promete. Pelo menos pra mim deu super certo gostei muito. Aplico todas as noites nos pés e para potencializar o feito coloco meias. Informação do Produto: Acaba completamente com as rachaduras dos pés e mãos, eliminando a camada grossa, deixando sua pele macia e aveludada.. Loção Gota Milagrosa tem a função de hidratar amaciar e suavizar os pés ásperos. Elimina calos, rachaduras nos calcanhares, cravos e asperezas dos pés e mãos, rachaduras n