Pular para o conteúdo principal

O biquíni certo para cada tipo de corpo







Retangular
As mulheres que têm o quadril da mesma largura que os ombros e pouca cintura devem abusar dos detalhes para criar curvas no corpo, como estampas, babados, lacinhos e bordados.

Oval
Na opinião do stylist, quem não tem curvas e está acima do peso deve usar maiô. “Peças com recortes geométricos vão dar outra silhueta e deixar a mulher visualmente mais magra. Mas não tem regra, quem não tiver pudores, pode usar biquíni, desde que cubra todas as partes íntimas.”

Triângulo
Quem tem o corpo em formato triangular deve escolher um biquíni mais largo na parte de baixo, de preferência liso e com um pouco de pala para dar sustentação ao abdômen um pouco mais avantajado. Os detalhes e estampas devem ser usados na parte de cima.

Triângulo invertido
Ombros largos podem ser disfarçados com sutiã frente única. “O modelo é ideal por que cria uma ponta que acaba chamando mais atenção do que os ombros”, explica Grund. Todos os detalhes devem ser jogados para a parte de baixo do biquíni.

Ampulheta
As mulheres com cintura fina e muitas curvas são as que mais erram na hora de escolher a roupa de praia, segundo o consultor de moda, pois acreditam que podem usar tudo. “Quanto mais elas evidenciam a cintura, mais destacam o quadril. Um modelo retinho é mais indicado, pois ela já tem curvas, não precisa criar mais.”

Pouco seio
Para aumentar visualmente o tamanho dos seios, existem diversas opções de sutiãs: tomara que caia, peças bordadas, listras horizontais, babados e aplicações.

Muito seio
Mulheres com seios muito grandes devem comprar um top que sustente os peitos, sugere o profissional de moda. “Não tem nada pior do que seio saindo por baixo ou pela lateral do biquíni”. Ele explica a maioria das marcas vendem as peças avulsas, assim é possível escolher um tamanho de parte de cima e outro de parte de baixo, de acordo com cada tipo de corpo.

Sem quadril
A moda está super a favor das mulheres sem curvas. Grund enumera os diversos modelos que podem aumentar visualmente o quadril: “É só se jogar nas tendências, florais, estampas, babados, biquíni com cinto, bordados, etc.”

Muito quadril
Quem tem o ombro e os seios menores que o quadril deve equilibrar o corpo, talvez usando peças com detalhes na parte de cima. A calcinha deve ter cores escuras e ser mais larga. O modelo de lacinho também pode ser usado, mas a alça lateral não pode ser tão fina. “Na hora de dar o laço, o ideal é que tenha largura de tecido para isso, para não ficar aquele triangulinho na frente”, explica o stylist.

Tendências e modelos que não saem de moda

Hotpants
A moda das hotpants chegou aos biquínis. Como a peça é grande, e remete aos maiôs usados por nossas avós, pode ser complicado tomar sol com ela.  Por ser mais conceituada, pode ser usada em lugares mais sofisticados, como um barco ou um bar, após a praia. Para o consultor, “não é todo mundo que consegue usar nem na passarela, nem fora dela”.

Fio dental
Pessoas voltadas ao mundo da moda afirmam que a peça é feia e vulgar. “A mulher brasileira já é sexy por natureza, não precisa colocar fio dental.“ Ainda diz que, segundo a cultura europeia, a nudez não significa sexualidade, ela está na personalidade da pessoa.

Maiô
Além de servir para as mulheres que não querem mostrar muito o corpo, é um das peças mais sofisticadas da moda praia. Apenas é preciso lembrar que a peça não vai deixar o corpo todo bronzeado. “É uma ótima alternativa para quem não está em forma e ainda tem muito estilo. Agora aquele modelo engana-mamãe não fica bem em ninguém. Só engana a pessoa que está usando e ainda vai deixar uma marca muito esquisita”, brinca o consultor.

Tecidos sofisticados
O especialista diz que os biquínis e maiôs feitos de tecidos mais sofisticados devem ser usados com cuidado. “Eu acho um pouco perigoso uma pessoa que não tem estilo usar tecidos mais diferenciados. Inclusive, alguns deles não vão secar direito nem ficar bem no corpo. O couro, por exemplo, fica mais soltinho no corpo e pode não deixar a mulher à vontade”, alerta.

Tomara que caia
Após muitos verões, o modelo tomara que caia continua em alta. Mas as mulheres que têm próteses de silicone nos seios devem tomar cuidado, segundo Grund, pois muitas vezes o sutiã não comporta grandes volumes. “Fica legal para quem tem seio médio o pequeno. Seio grande precisa de bojo”, diz.

Do babado
Esta super na moda  porém  precisa manter o equilíbrio da silhueta: “Quem tem o quadril largo tem que trazer o babado para cima, se não ele vai parecer maior. Já quem tem ombro de nadadora e seio avantajado, pode jogar o babado para a parte de baixo.”

Aplicações de metal
As peças com aplicações de metal geralmente são usadas por aquelas que têm uma pegada mais perua. Para o consultor de moda, elas devem ter o mesmo cuidado com as peças com babados. “O detalhe vai ressaltar mais a área em que está aplicado. Quem tem quadril largo, deve evitar usar metal na calcinha. O detalhe pode subir para o sutiã. Na hora de colocar qualquer detalhe, tem que tomar cuidado com a proporção do corpo.”

Asa-delta
O modelo de biquíni asa-delta, muito usado pelas mulheres mais ousadas nos anos 80, é o preferido das musas das praias hoje. Se o tronco for maior em relação às pernas, ele vai alongar visualmente as pernas e diminuir o tronco, equilibrando o corpo.  “
Grávidas
Na opinião do consultor de moda, a praia é o único lugar onde as grávidas podem mostrar a barriga. “Não tem lugar melhor, já fazia Leila Diniz.”




O biquíni ideal para as gordinhas:



As gordinhas devem seguir as seguintes dicas para parecerem mais magras com a moda praia:


- Usarem cores mais fechadas ou estampas de fundo mais escuro e temas (como flores, por exemplo) pequenas. As estampas de fundo claro e temas grandes costumam aumentar o volume do corpo.


- Nos biquínis, parte superior em modelo triângulo mais largo, que contemple todo o volume dos seios e alças também largas para sustentar o volume. Nada de cortininha com alças fininhas! Na parte de baixo a calça modelo sunquíni, mais alta na frente já que calças muito baixas deixam a barriguinha a mostra. Evite modelos com muitos laços ou penduricalhos, que podem agregar ainda mais volume. Nesta estação, algumas marcas estão fazendo biquínis com calças altas com uma espécie de cinto na frente (em tecido, no próprio biquíni). É uma forma moderna e inteligente de sustentar, sem parecer que a calça é alta demais.


- No caso dos maiôs, modelos com decote V e marcação abaixo dos seios, onde é a parte mais magra do corpo – local onde o maiô deve ajustar mais para destacar a região mais estreita. Também existem maiôs com a parte frontal reforçada, com tecido mais rígido para segurar a barriguinha, são ótimos!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barato X Caro : Hidratante labial Carmed X Carmex.

Oie, tudo bem? Como já mencionei sou viciada em hidratantes labiais . Hoje venho mostrar pra vocês duas opções muito parecidas porém diferentes no preço. Desde que conheci o Carmex virou amor, mas ele tem um preço salgadinho ( paguei R$40,00) É um produto que hidrata muito os lábios e tem um cheirinho de cereja e deixa os lábios hidratados por um bom tempo. Dias atrás estive na farmácia e conheci o Carmed que inclusive tem uma embalagem bem parecida, porém comprei em uma promoção e paguei R$5,99. Também possui cheirinho de cereja, também hidrata bem os lábios. Porém na minha opinião a hidratação do Carmed dura menos tempo nos lábios mas também acho que pelo valor , vale muito a pena investir no primo baratinho. As duas embalagens possuem 10g

Beats Tropical.

 Provamos o novo sabor de Beats : tropical. A combinação do Gin com  com sabores de manga, abacaxi e maracujá . O sabor é gostoso mas achei bem forte o teor alcoólico ( 7,9%). Paguei R$6,90.

Schweppes Intense.

 Provamos esses dois lançamento  Schweppes Intense. Edição limitada de verão e dose mais intensa de Gin em duas versões :    Gin Tônica  e  Gin Tônica Pink. Achei a Gin tônica rosé mais gostosa apesar das duas versões serem fortes. Teor alcoólico 7%. Paguei R$5,99 cada .