Pular para o conteúdo principal

Sugestão de livro: A elegância do ouriço.

Hoje trago a sugestão de um livro leve mas também reflexivo: A elegância do ouriço de Muriel Barbery.
O livro é um romance narrado por duas personagens que em um primeiro momento parecem muito diferentes, mas que são bem parecidas.
Paloma é uma pré adolescente de doze anos muito inteligente e apaixonada por filosofia e que rejeita a sociedade da qual faz parte . Pretende cometer  suicídio ao completar 13 anos.
 Renée é a zeladora do prédio que Paloma mora. Uma mulher diferente que tem  paixão por livros e cultura.


                                      

Sinopse: À primeira vista, não se nota grande movimento no número 7 da Rue de Grenelle: o endereço é chique, e os moradores são gente rica e tradicional. Para ingressar no prédio e poder conhecer seus personagens, com suas manias e segredos, será preciso infiltrar um agente ou uma agente ou - por que não? - duas agentes. É justamente o que faz Muriel Barbery em A elegância do ouriço, seu segundo romance.
Para começar, dando voz a Renée, que parece ser a zeladora por excelência: baixota, ranzinza e sempre pronta a bater a porta na cara de alguém. Na verdade, uma observadora refinada, ora terna, ora ácida, e um personagem complexo, que apaga as pegadas para que ninguém adivinhe o que guarda na toca: um amor extremado às letras e às artes, sem as nódoas de classe e de esnobismo que mancham o perfil dos seus muitos patrões.
E ainda há Paloma, a caçula da família Josse. O pai é um figurão da política, a mãe dondoca tem doutorado em letras, a irmã mais velha jura que é filósofa, mas Paloma conhece bem demais o verso e o reverso da vida familiar para engolir a história oficial. Tanto que se impõe um desafio terrível: ou descobre algum sentido para a vida, ou comete suicídio (seguido de incêndio) no seu aniversário de treze anos. Enquanto a data não chega, mantém duas séries de anotações pessoais e filosóficas: os Pensamentos profundos e o Diário do movimento do mundo, crônicas de suas experiências íntimas e também da vida no prédio.
As vozes da garota e da zeladora, primeiro paralelas, depois entrelaçadas, vão desenhando uma espiral em que se misturam argumentos filosóficos, instantes de revelação estética, birras de classe e maldades adolescentes, poemas orientais e filmes blockbuster. As duas filósofas, Renée e Paloma, estão inteiramente entregues a esse ímpeto satírico e devastador, quando chega de mudança o bem-humorado Kakuro Ozu, senhor japonês com nome de cineasta que, sem alarde, saberá salvá-las tanto da mediocridade geral como dos próprios espinhos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIY- Faça você mesmo: Diluidor de maquiagem caseiro.

Seu delineador em gel secou? sua sombra cremosa esta "dura"?
Bateu aquele desespero? Quer dar um jeito sem gastar muito?
Hoje no mercado encontramos uma diversidade de diluidores de maquiagem , mas a grande maioria tem o preço bem salgado.
Mas não se preocupe é possível fazer um diluidor caseiro.
Para isso vamos precisar de : glicerina líquida ( encontrada em farmácia) e água mineral e um frasco para colocar  a mistura ( eu prefiro aqueles vidros com spray para borrifar mas pode ser o que tiver em casa, além disso como não contém conservantes faça em pouca quantidade para não estragar.
Como eu uso: borrifo no pincel e aplico nas sombras e pigmentos pois isso intensifica o tom do produto. Eu sempre dou uma borrifada no pincel .

A proporção é três medidas de água para 1 medida de glicerina.






Coleção Outono Inverno 2014 Program.

Chegou a tão esperada Coleção Outono Inverno da Program e como não poderia ser diferente as peças estão incríveis , para agradar as mulheres de todos os estilos e para todas as ocasiões seja no dia a dia ou na noite .

Confiram algumas peças:





















Encontre uma Program mais próxima de você: http://www.programmoda.com.br/varejo.asp

Barato X Caro : Hidratante labial Carmed X Carmex.

Oie, tudo bem?
Como já mencionei sou viciada em hidratantes labiais .
Hoje venho mostrar pra vocês duas opções muito parecidas porém diferentes no preço.
Desde que conheci o Carmex virou amor, mas ele tem um preço salgadinho ( paguei R$40,00)
É um produto que hidrata muito os lábios e tem um cheirinho de cereja e deixa os lábios hidratados por um bom tempo.
Dias atrás estive na farmácia e conheci o Carmed que inclusive tem uma embalagem bem parecida, porém comprei em uma promoção e paguei R$5,99.
Também possui cheirinho de cereja, também hidrata bem os lábios.
Porém na minha opinião a hidratação do Carmed dura menos tempo nos lábios mas também acho que pelo valor , vale muito a pena investir no primo baratinho.
As duas embalagens possuem 10g